MESTRE DIDI

SALVADOR (BA), 1917 - SALVADOR (BA), 2013

Mestre Didi (Deoscóredes Maximiliano dos Santos) foi escultor e sacerdote. Para Emanoel Araújo, o artista e “suas obras são como uma união de antiga sabedoria, a expressão viva da continuidade e da permanência histórica da criação de uma nova estética que une o presente ao passado, o antigo ao contemporâneo, a abstração à figuração, formas compostas ora como totens, ora como entrelaçadas curvas (…) suas esculturas, em sua interioridade, são uma relação entre o homem e o sacerdote que detém o espírito íntimo das coisas e de como elas se entrelaçam entre a sabedoria do sagrado e do profano”. Em suas peças, Mestre Didi faz uso de materiais naturais como búzios, sementes, couro, nervuras e folhas de palmeira, entre outros, criando um conjunto de trabalhos marcados pelos temas religiosos afro-brasileiros.

 

Museu Afro Brasil, São Paulo, SP, Brasil

Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil

Paulo Darzé Galeria

Estado: BAHIA
Categorias: Escultura

Atualizado em 21.06.2020