PROJETO AFRO LANÇA APLICATIVO PARA CELULAR

por Projeto Afro

12 de dezembro de 2021

CURTAS
Mapeamento

Disponível para download de forma gratuita, a partir do dia 12 de dezembro, o aplicativo Projeto Afro: Além da tela consiste em um dispositivo para escolha de fundo de tela/descanso de celulares, composto por imagens selecionadas de obras de arte de artistas que integram o mapeamento do Projeto Afro. Ao baixar o app, é possível navegar pelas páginas de alguns artistas e ainda escolher uma obra para usar como papel de parede. O projeto para realização do aplicativo foi contemplado pelo Edital nº 15 2020 do ProAC Editais.

Essa mais nova ação expande a atuação da plataforma, lançada em junho de 2020, que tem realizado o mapeamento e a difusão de artistas negros/as/es. Desde a realização de uma programação pública, até o apoio a exposições e pesquisas, o Projeto Afro vem atuando na promoção da arte de autoria negra no Brasil. “O aplicativo é mais um passo importante nesta recente trajetória do Projeto Afro, que tem realizado ações no digital e para além deste, em sintonia com sua maior missão de divulgar arte de autoria negra no Brasil”, comenta Deri Andrade, idealizador do Projeto Afro.

Raquel Bacelar, Série Um Mar de Afetos e Lembranças, 2018. Fotografia digital. Créditos da imagem: cortesia da artista

Com 170 artistas cadastrados/as/es na base de dados da plataforma, com o app será possível encontrar trabalhos artísticos de alguns desses autores como Alexandre Ignácio Alves, Ana Raylander Mártis dos Anjos, Gustavo Nazareno, Kika Carvalho e Rafael Bqueer. “Ao longo de 12 meses, o app passou por um processo de concepção, com uma curadoria que selecionou um primeiro número de obras que poderão ser acessadas no lançamento. Além disso, a construção do aplicativo não seria possível sem a premiação deste edital do ProAC e o apoio da tatu cult, parceira do Projeto Afro”, conta Andrade.

Para Monique Cerchiari, fundadora da tatu cult, contribuir ativamente para a difusão das artes, mostrando a potência de artistas negros, são processos urgentes e fundamentais para a construção da história das artes no país. “ Nossa parceria com o Projeto Afro tem por objetivo garantir uma estrutura sólida e permanente para que essa pesquisa se expanda cada vez mais e o aplicativo “Projeto Afro: Além da Tela” é um desdobramento desses esforços.

Alexandre Ignácio Alves, Isabelle, Retratos preto sobre preto, 2019. Acrílica sobre tela. 150 x 180 cm. Créditos da imagem: Gustavo Lourenção

A interface do app é de fácil manuseio, com botões clicáveis que possibilitam os usuários escolherem os planos de fundo com mais agilidade. Assim, as pessoas poderão visualizar informações a respeito da obra, seus autores e se está disponível nos acervos de alguma instituição cultural. Além disso, os visitantes podem acessar o site para informações que complementam os dados mostrados no aplicativo, sendo o portal ainda o principal local de divulgação dessas obras.

O lançamento do app contará com uma mesa de debate online que acontece no dia 12 de dezembro, às 17h, em parceria com o Museu Afro Brasil – (MAB), e participação de Carollina Lauriano, curadora; Joyce Farias de Oliveira, historiadora do MAB;  Ramo, artista; mediação de Deri Andrade e apresentação do app de Jacó Oliveira, da tatu cult, com intérpretes de Libras. A conversa acontece no YouTube do Projeto Afro e do Museu Afro Brasil.

 

BAIXE O APP AQUI.

 

Serviço:
Lançamento do aplicativo ”Projeto Afro: Além da tela”
Disponível para Android
A partir de 12 de dezembro
Evento de lançamento às 17h, mesa de debate online com Carollina Lauriano, Joyce Farias de Oliveira, Ramo, mediação de Deri Andrade e apresentação do app de Jacó Oliveira
Com intérpretes de Libras
Local: YouTube do Projeto Afro e do Museu Afro Brasil

 

*Texto com informações do release produzido por Kelly Santos
Informações para a imprensa:
Mídia Pente Fino
Kelly Santos | 11 95630-3505
kelly.santos@midiapentefino.com.br